ABSURDO: Governo Fátima pode ter comprado medicamentos vencidos com verba enviada pelo governo federal para combate à Covid-19 ; MPF investiga

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, após reunião dos governadores eleitos dos estados do nordeste, em Brasília.

O Ministério Público Federal segue as investigações sobre a compra de R$ 577 mil em medicamentos vencidos com recursos enviados pelo governo Bolsonaro, destinados ao enfrentamento da Covid-19 no RN. As compras foram feitas de janeiro de 2020 à 9 de junho de 2021 por 30 entes públicos do Rio Grande do Norte, entre eles o Governo do Estado, gerido pela petista Fátima Bezerra.

A investigação vai ser feita a partir de relatório da plataforma Fiscaliza/RN, elaborado por equipe multidisciplinar do MPF, Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) e Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN).

A plataforma já indicou 535 itens de compra com Notas Fiscais Eletrônicas (NF-es) emitidas no mesmo dia ou após a expiração do prazo de validade. As possíveis aquisições de medicamentos vencidos aconteceram em 26 municípios potiguares, na Secretaria de Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Norte (Sesap), no Hospital Dr. José Pedro Bezerra, no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel e no Hospital Colônia Dr. João Machado, segundo o MPF. Terra Brasil