Amado Batista é notificado após acusar Lula de roubo

Justiça de Pernambuco notifica cantor por declarações sobre Lula e seus filhos.

O Tribunal de Justiça de Pernambuco determinou que o cantor Amado Batista seja notificado após afirmar que o ex-presidente Lula da Silva e seus filhos praticaram roubo durante os governos do PT.

O artista terá que se manifestar no prazo de 15 dias sobre as declarações.

Lula ingressou com a interpelação judicial e pedido de explicações no dia 28 de junho.

Na segunda-feira (5), o juiz José Anchieta Felix da Silva, da 5ª Vara Criminal da Capital, determinou a notificação do cantor.

A queixa-crime apresentada à Justiça diz que, por causa das declarações do cantor, o filho de Lula foi obrigado a assistir injusta ofensa contra si e contra seus familiares.

Créditos/Renova Midia