Banco do Brasil vai contratar adolescentes para auxiliarem como Jovem Aprendiz em todo Brasil

O Banco do Brasil vai contratar jovem aprendizes para auxiliarem em várias agências espalhadas pelo Brasil. Mais uma empresa pública que está abrindo oportunidades para aprendizes poderem adquirir conhecimento profissional.
O objetivo do Banco do Brasil é a contratação de adolescentes da rede de escolas públicas e pertencentes às famílias de baixa renda, por meio da sua formação para a cidadania e do seu desenvolvimento pessoal, profissional e social para o mundo do trabalho.

Cerca de cinco mil adolescentes participam do Aprendiz Banco do Brasil em todo o País. O Programa Aprendiz Banco do Brasil contempla carga horária total de 1.840 h, sendo 460 h (25%) destinadas a aprendizagem teórica (capacitação) e 1.380 h (75%) para a aprendizagem prática (atividades em serviço).

 

De acordo com o banco, a  contratação de aprendizes se dá na modalidade indireta, por meio de Entidades Sem Fins Lucrativos – ESFL, conforme inciso III, do art. 8º do Decreto 5.598/05, capacitadas a fornecer a aprendizagem na forma dos artigos 428 a 441 da CLT.

Serão contratados adolescentes, pelo prazo de dois anos, sem renovação, para uma jornada diária de quatro horas, sendo quatro dias no Banco e um dia na Entidade Sem Fins Lucrativos, com base nos seguintes critérios:

– Faixa etária para contratação: 15 anos a 15 anos a 10 meses;
– Renda familiar de até meio salário mínimo regional per capita, preferencialmente de família beneficiada por programas sociais do governo federal destinados a população de baixa renda;

– Recrutados na rede de escolas públicas, com bom aproveitamento e freqüência regular na escola;
– Cursando, no mínimo, o oitavo ano do ensino fundamental. Selecionados por provas de conhecimento em português e matemática.

Créditos: Empregabilidade Geral.