Bolsonaro defende a mesma urna que Barroso, só exige uma segurança a mais

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, ainda não compreendeu que a urna que defende é a mesma que o presidente Jair Bolsonaro: a eletrônica.

A única divergência entre o que ambos pretendem para 2022 é a auditoria dos votos, que serão impressos e não escritos em um papel. Bolsonaro quer que as urnas tenham mais segurança. Terra Brasil