Bolsonaro: “Estamos pagando a inflação do fique em casa”

No dia em que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que a inflação chegou aos dois dígitos no Brasil (10,25% em 12 meses), o presidente Jair Bolsonaro voltou a responsabilizar as medidas restritivas impostas por prefeitos e governadores durante a pandemia de covid-19 pela alta nos preços.

Em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro afirmou que, apesar das dificuldades, o país foi um dos que menos sofreu impactos econômicos causados pelo coronavírus e já está se recuperando, com projeção de crescimento em 2021 e 2022.

“Um dos países que menos sofreu na economia com a pandemia fomos nós. Aí fora, a Inglaterra teve 300% de aumento do gás. E 200%, em média, na Europa. Alimentos em falta lá. Não é apenas inflação”, disse o presidente. “O pessoal reclama daqui, mas aqui estamos pagando aquela inflação do ‘fique em casa, a economia a gente vê depois’. Eu falei que não podia fazer isso. Mas a gente está se recuperando.”Terra Brasil