CPI da Covid no RN investigará 12 contratos do Governo Fátima; veja quais são

A possível instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que objetiva investigar as supostas existências de crimes de responsabilidade do Governo do Estado com a administração dos recursos destinados à Covid-19 pautou o pronunciamento do deputado estadual Kelps Lima (SDD), nesta quarta-feira (26) durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa.

“Esse será um equipamento de investigação séria. A bancada do partido Solidariedade está orientada a fazer uma investigação serena e séria. Não haverá pré-julgamento”, ressaltou.

De acordo com o parlamentar, doze processos embasam o pedido de instalação da CPI. São eles: Contratação do Hospital de Campanha; Aquisição de sacos de lixo hospitalares; Aquisição dos respiradores através do Consórcio Nordeste; Aquisição de EPIs; Aquisição de Swab e reagentes para o Lacen; Contratação de locação de ambulância para transporte de pacientes Covid; Aquisição de R$ 1,6 milhão por 15 ventilares pulmonares; Manutenção de ventiladores pulmonares; Aquisição de filtros para ventiladores pulmonares; Contratação de pesquisa do Estado do Piauí e Propaganda do Governo paga com recursos Covid-19 feita por correligionários.

Kelps anunciou que ficou a cargo do deputado Getúlio Rêgo (DEM) a entrega e protocolo do pedido de instalação da CPI. “Ficou a cargo do deputado Getúlio, um político sério e responsável essa tarefa. Amanhã (27), às 10h, na sala da presidência o pedido será oficializado”, divulgou.

Por fim, Kelps destacou os motivos que incentivaram a instalação da CPI. “Por que a Assembleia Legislativa não pode deixar de investigar? Porque todos nós perdemos amigos e parentes na pandemia. São sonhos destruídos. Filhos que perderam mães e pais, filhos que perderam seus pais, parentes amigos e o governo não dá satisfação a essas pessoas. O nosso papel como representante do povo é investigar”, finalizou.

Para ser instalada, a CPI segue um rito legislativo que inicia com a admissibilidade do pedido até itens exigidos no processo de investigação legislativa.

Fonte: Portal Grande Ponto