CPI da Covid no RN vai apurar se governo Fátima tem orientado testemunhas e interferido nos depoimentos

João Gilberto/ALRN

O presidente da CPI da Covid-19, deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade), abriu a sua 15ª reunião, na tarde desta quarta-feira (29), informando que “tem recebido denúncias de que depoentes na condição de testemunhas e que são servidoras do Estado, estão sendo treinadas por membros do governo”. No entanto, como as denúncias não chegaram acompanhadas de provas concretas, o parlamentar afirmou que “não se tomou nenhuma providência legal”, mas garantiu que vai abrir investigação sobre o fato de que “se está ou não orientação de testemunhas”.Mas, segundo o deputado Kelps Lima, já há questionamentos sobre o acompanhamento de membros da Procuradoria Geral do Estado (PGE), que geralmente mandado o procurador José Santana, junto a testemunhas. “Já pedi manifestação por escrito, pois não haveria base legal no acompanhamento da PGE e que isso poderia ensejar coação, tendo em vista que o Estado é investigado e envia advogados para acompanhar testemunhas, mas a Procuradoria do Estado ainda não as enviou”, disse o presidente da CPI.

Leia a notícia completa aqui na Tribuna do Norte.