Defesa de Lula aciona OAS para receber dinheiro de apartamento no Guarujá

A defesa do espólio da ex-primeira-dama Marisa Letícia acionou nesta terça a OAS no TJSP para que a empreiteira deposite 662.473 reais relativos a cotas da compra do apartamento no edifício Solaris, no Guarujá, onde fica o famoso tríplex reformado pela empreiteira para Lula.

Como a Justiça reconheceu a existência do crédito e até hoje a empreiteira não devolveu o dinheiro, o advogado Cristiano Zanin entrou com o pedido.

“Requer-se seja dado início à execução provisória da sentença, com a intimação da ré OAS, na pessoa de seus advogados constituídos, para que pague o valor atualizado da condenação, que em setembro de 2021 é de R$ 662.473.32 (seiscentos e sessenta e dois mil, quatrocentos e setenta e três reais e trinta e dois centavos), conforme cálculo descritivos anexos, sob pena da aplicação de multa de dez por cento e, também, de honorários de advogado de dez por cento”, diz a defesa.