Deputados cogitam abrir CPI da Covid contra Fátima; veja assinaturas necessárias

Nos últimos dias as críticas ao Governo Fátima Bezerra têm se avolumado por parte de deputados estaduais da oposição. Eles questionam as ações do governo estadual durante a pandemia, principalmente o pagamento de R$ 4,9 milhões para a compra de respiradores por meio do Consórcio Nordeste – sem que esses equipamentos chegassem ao seu destino – além de uma compra de 15 respiradores, dos quais 14 não funcionaram, conforme lembrou na sessão de ontem (12) o deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB).

Com isso, já se fala em CPI da Covid também no âmbito estadual, assim como ocorre no Senado da República para investigar as ações e omissões do Governo Federal durante a pandemia, bem como a aplicação de recursos federais por parte dos governadores.

Pelo regimento da Casa, há a necessidade de oito assinaturas de deputados pedindo e autorizando a abertura dos trabalhos. Na linha de frente dos trabalhos pró-CPI estão os deputados Gustavo Carvalho (PSDB), Tomba Farias (PSDB), Galeno Torquato (PSD), José Dias (PSDB) e Getulio Rego (DEM).

Com informações do Território Livre