Esquerdistas ‘esquecem’ crise econômica e alugam trio elétrico por mais de R$ 100 mil para ato contra Bolsonaro

Camarins com luz de cromoterapia, decoração interna baseada no feng shui, área VIP, quatro banheiros, caixas de som com 343 mil watts de potência, elevadores hidráulicos e 24 metros de comprimento. Esse é o trio elétrico alugado pelos organizadores dos movimentos de esquerda contra o presidente Jair Bolsonaro, informou nesta sexta-feira, 1°, o jornal O Estado de S. Paulo.

Conhecida como Demolidor, a estrutura custou R$ 100 mil aos locadores. Cerca de 80 “movimentos sociais” envolvidos no protesto comunicaram que vão dividir o valor, a ser bancado com recursos de “doações via Pix”. Dirigentes confirmaram a presença dos candidatos ao Planalto Ciro Gomes (PDT) e Alessandro Vieira (Cidadania), além de lideranças e parlamentares de 21 siglas.

O veículo já foi usado pela cantora Ivete Sangalo em carnavais. Terra Brasil