Estratégia de Eduardo Leite “matou” Dória, aponta relatório do PSDB

A estratégia adotada pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, de inserir a temática LGBT no discurso político durante entrevista ao jornalista Pedro Bial foi um sucesso, mostra relatório elaborado pelo PSDB. Eduardo Leite disse que é gay e tem orgulho.

Comparando com o desempenho recente do governador de São Paulo João Dória, a avaliação sugere que a abordagem do assunto foi premeditada e se provou um verdadeiro sucesso, ao menos nas redes sociais.

 

De acordo com o documento, 40,8% das reações contabilizadas foram positivas, 20,01% foram negativas e 39,19% foram consideradas neutras.

O grande ganho, entretanto, foi observado no volume de notícias sobre o gaúcho, que disparou de praticamente zero para mais de 100 em apenas 48h, enquanto Dória se manteve grudado no zero.

Outro aspecto mensurado no relatório avalia o engajamento em notícias e nos perfis dos dois tucanos. Novamente, Leite pulou de praticamente zero para quase 20 mil, enquanto Dória teve pico de 5 mil, mas caiu para pouco mais de 2 mil.

Leite ganhou mais de 100 mil seguidores nas redes sociais e teve retweets e comentários de postagens subindo 7.299,4% e 4.845,6%, respectivamente, nos últimos dois dias.

Se o efeito for duradouro, a estratégia de Leite pode ter sido o sepultamento precoce das pretensões nacionais de João Dória, mas só o tempo irá confirmar ou não a condição do governador gaúcho como novo expoente do PSDB. Terra Brasil