Estudo faz levantamento para instalação de mini-rotatórias no trânsito em Natal

FOTO: STTU

Uma equipe de engenheiros e arquitetos da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana iniciou nesta semana curso de planejamento e construção de mini-rotatórias com o arquiteto e urbanista Carlos Milhor – diretor do Departamento de Engenharia de Trânsito da STTU.

Apesar de sua ampla utilização em todo o mundo, as mini-rotatórias são ainda pouco empregadas no Brasil, justamente pela falta de estudos nacionais e a capacitação dos técnicos que tratam do trânsito nas cidades.

De acordo com Milhor, “apesar da análise dos dados para elaborar o projeto (estudo preliminar), a simplicidade presente na geometria das rotatórias permite resolver complexos problemas de circulação com investimento de baixo custo, além de apresentar uma forma simples e facilmente perceptível pelos condutores – permitindo assim uma homogeneização nos movimentos de conversão, a redução dos índices de sinistros e uma quase inexistência de acidentes com fatalidades.”

Para realização do curso, o arquiteto dividiu o conteúdo programático em dois momentos: o primeiro com a análise dos dados técnicos e toda estrutura teórica; e o segundo com um exercício prático nas vias da cidade.

Na parte teórica, serão analisados – por exemplo – alguns dados e elementos na via onde será implantada a mini-rotatória como: a quantidade de linhas de ônibus que transitam no local e suas respectivas frequências; o volume de pedestres e ciclistas; a geometria do cruzamento existente (plantas do cruzamento); a distância dos cruzamento vizinhos; as proximidades de instalações sensíveis como escolas, asilos e instalações para deficientes; o volume de tráfego pela manhã e tarde separado pelo tipo de veículo; os dados de acidentes nos cruzamentos existentes; as limitações de velocidade de saídas e o regulamento do trânsito nos cruzamentos vizinhos.

A capacitação aborda também os elementos do desenho de uma mini-rotatória: ilha de canalização, ilha central, faixas de retenção e travessias de pedestres perpendiculares, além do sentido de circulação na rotatória e seus aspectos técnicos.