FIERN recebe embaixador de Israel e destaca importância de intercâmbio de tecnologias para o crescimento econômico

O presidente da FIERN, Amaro Sales de Araújo, recebeu na tarde desta segunda-feira (03), novo embaixador e encarregado de negócios de Israel, Shmulik Arie Bass. A visita faz parte da agenda oficial da Embaixada Israelense para aproximação entre os países. Participaram do encontro os diretores da FIERN Heyder Dantas (1º secretário),  Roberto Serquiz (1º Tesoureiro), José Garcia da Nóbrega (2º Tesoureiro) e Djalma Cunha Júnior (Inovação).

Para o presidente da FIERN, a visita de Bass é um aceno para manutenção dos laços entre os países, e, em especial, com o Rio Grande do Norte. “Ficamos muito felizes com a sua visita e acredito que poderemos estabelecer parcerias”, disse. Amaro lembrou ainda que o Grupo 3 Corações possui negócios com Israel e sinalizou com a possibilidade da realização de uma missão técnica com empresários potiguares ao país, com ênfase na área de energias renováveis, na qual o SENAI-RN possui um Instituto de Inovação dedicado a pesquisas e prestação de serviços exclusivos ao setor.

O embaixador de Israel destacou a expertise tecnológica nas áreas de fruticultura, recursos hídricos e energias renováveis que o país desenvolveu. Além disso, ressaltou o interesse em promover uma troca de tecnologias, colocando-se a disposição para fazer ser a ponte para o empresariado brasileiro o país asiático. “Precisamos saber quais são as necessidades de vocês e onde a gente pode agregar, somar e trabalhar junto”, enfatizou Bass.   Shmulik Arie Bass assumiu o cargo de embaixador após a saída de Yossi Avraham Shelley, em março deste ano. Desde 2015, Bass exercia a função de diretor, chefe do departamento da América do Sul, Divisão Latino-América e Caribe e o Ministério das Relações Exteriores de Israel.

O coordenador do Mais RN, José Bezerra Marinho, apresentou o Mais RN, projeto encabeçado pela FIERN para promover o desenvolvimento do Estado. Durante a apresentação técnica, o assessor Pedro Albuquerque esclareceu detalhes do projeto, com ênfase nas possíveis áreas de interesses comuns entre o Brasil e Israel. “Nosso projeto já mapeou 91 oportunidades de negócio, em diversos grupos. Entre eles pesca e economia do mar; agricultura, pecuária e fruticultura; energias renováveis e petróleo e gás”, explicou Pedro Albuquerque.

O articulador do encontro, o deputado Benes Leocádio, também esteve presente na reunião. “Tenho certeza que a vinda de vocês aqui deverá estreitar e melhorar cada vez mais a parceria com diversas instituições aqui do estado”, disse. Também participaram os deputados federais General Girão, Rafael Motta, e estadual Albert Dickson.FM