GUERREIRA: Enfermeira põe vida em risco para salvar 5 pacientes de incêndio em hospital

A enfermeira sergipana Dimitria Aragão colocou sua própria vida em risco ao entrar em uma ala hospitalar em chamas para salvar 5 pacientes completamente indefesos. O fato ocorreu na última sexta-feira (28).

Era tarde da madrugada quando um foco de incêndio atingiu a ala de Covid-19 do Hospital Municipal Doutor Nestor Piva, em Aracaju (SE), pegando 72 pessoas de surpresa, entre médicos, pacientes e enfermeiros.

 

Ao tomar conhecimento da situação, Dimitria levou o juramento (“dedicar a vida profissional a serviço da humanidade“) que fez para se tornar enfermeira às últimas consequências.

Destemida, ela entrou em um quarto tomado de fumaça para retirar cinco pacientes acamados que poderiam ter morrido sem a sua ajuda.

O ato de coragem custou-lhe algumas queimaduras e ferimentos leves: meros detalhes diante da satisfação em ter salvo cinco vidas.

Em um post-desabafo compartilhado em seu Instagram horas depois do resgate, Dimitria relembrou o episódio e agradeceu as incontáveis mensagens de apoio que recebeu dos internautas.

“Nunca nesses 6 anos na área de enfermagem me deparei a uma situação de impotência na qual me vi de frente hoje, esse dia ficará marcado para sempre em minha vida“, escreveu na publicação que já acumula mais de 10 mil curtidas e comentários.

“Enquanto atuar na área vou servi-los da melhor forma, eu acredito que nasci para ajudar o próximo de alguma forma e aqui estou eu, querendo ser enfermeira querendo ser polícia, quem me conhece sabe, me ponho no lugar do outro sempre ali era meu avós, meus tios, meus pais, meus parentes… São vidas, e nós da enfermagem somos guerreiros nessa batalha sem fim… Obrigado a todos por todo carinho e preocupação hoje eu vi com toda alma o quanto sou querida, o quanto sou amada ♥️ Gratidão a Deus por tudo que deu certo”, completou.terra Brasil