Hang escancara narrativa covarde da Globo e desmascara mentira (veja o vídeo)

O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, usou suas redes sociais para expor o tipo de narrativa defendida por jornalistas da velha mídia. Algo inescrupuloso.

Em um vídeo, Hang mostra a maneira como a sua participação na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid, foi noticiada:

“Olha, o objetivo do Luciano Hang, meu prognóstico, é ser preso, sair preso. Vai ser a apoteose dele, é para isso que ele está indo lá, para atacar senadores, sair preso e se vitimizar. Por isso que ele não pediu o habeas corpus?

Sim, exatamente. Muita gente dizendo ‘ah, ele é o bobo da corte’. Ele não é o bobo da corte, o bobo da corte falava as verdades, na brincadeira, para o rei. Ele não fala a verdade, ele é acusado de espalhar fake news”, afirmou Otávio Guedes, em uma das chamadas para o programa Conexão, da Globo News.

Na sequência, é possível acompanhar uma parte do depoimento de Hang na CPI, onde, apesar de ser interrompido constantemente por aqueles que não gostaram de suas declarações, manteve a calma e a educação ao responder todos os questionamentos:

“Todas as narrativas colocadas aqui, pelo senhor, não se sustentam. vocês não tem nenhuma prova do que estão falando. […] Senador, eu estou respeitando você. Você tem que me respeitar. Essa aqui é a casa do povo. É a casa de Rui Barbosa. Eu sou um cidadão normal, um brasileiro, um comerciante, um vendedor, vocês são senadores e têm que respeitar quem vem aqui”, disse Hang.

Junto ao vídeo, o empresário ainda fez um desabafo:

“De onde tiram tantos absurdos? Não pedi habeas corpus porque não tinha NADA a temer. Minha intenção nunca foi sair preso, como podem concluir e afirmar isso? Esses jornalistas e comentaristas criam narrativas falsas para enganar o povo. É isso que está acontecendo no Brasil hoje”.

Assista ao vídeo:

  • Fonte jornal da cidade