Início Destaque Homem atira cabeça degolada em centro de votação no México

Homem atira cabeça degolada em centro de votação no México

Um homem atirou uma cabeça degolada num centro de votação em Terrazas del Valle, um bairro de Tijuana, cidade da fronteira entre o México e os EUA, durante as eleições deste domingo (6). Perseguido por policiais, ele conseguiu escapar, mas deixou para trás sacolas de plástico com restos humanos, entre eles várias mãos.

Em Mariano Matamoros, uma outra cabeça foi deixada em uma caixa numa seção eleitoral.

Na cidade de Metepec, no estado do México, um grupo de 20 homens invadiu um outro centro de votação e vandalizou algumas salas. As urnas não foram roubadas, mas muitas delas foram destruídas. Houve portas derrubadas e correria, e algumas pessoas ficaram feridas.

Também no estado do México, uma pessoa atirou uma granada inativa dentro de um local de votação —os eleitores foram dispersados, mas voltaram para concluir o processo eleitoral.

“As pessoas disseram que votariam e que não seriam intimidadas”, disse à agência de notícias Reuters um eleitor que pediu para não ser identificado.

Erik Ulises Ramirez, candidato do Movimento Cidadão, que sobreviveu a uma tentativa de assassinato no mês passado em Cocula, no estado de Guerrero, disse que dois colaboradores de sua campanha foram sequestrados e espancados antes de serem soltos novamente.

Todos esses casos são parte de uma das eleições de meio de mandato mais violentas no México nos últimos tempos. Segundo a consultora Etellekt, já foram mortos 91 políticos, a maioria da oposição aos partidos que estão no poder nas regiões.

Com informações da Folha

Fonte: Portal Grande Ponto