Governo vai cumprir plano de R$ 250 bi em investimentos até 2022, diz ministro

O governo federal comemorou o resultado do leilão da concessão de 22 aeroportos nesta quarta-feira (7). O valor das outorgas ficou em R$ 3,3 bilhões. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, afirmou esperar que o valor dos investimentos nesses aeroportos supere os R$ 6,1 bilhões acordados.

“Existe uma pauta mínima de investimentos que acontecem em função da demanda, mas acredito que esse valor vai crescer à medida que as empresas encontram novas necessidades”, disse à CNN.

Tarcísio garantiu ainda que o governo federal vai conseguir cumprir o plano de R$ 250 bilhões em investimentos contratados até o próximo ano.

Questionado sobre a viabilidade de atrair esses investimentos até o fim do  governo atual, ele afirmou que “este é um projeto de Estado e o maior programa de concessão da história do Brasil, que não depende do calendário eleitoral”.

No pipeline de concessões, estão ativos importantes, como o Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, o de Congonhas, em São Paulo, e portos de Santos e do Espírito Santo.

Sobre o momento em que foi realizado o leilão, o ministro disse que foi estratégico da parte do governo para atrair compradores. Com o real desvalorizado e o setor aéreo em crise aguda, o investimento foi avaliado como seguro para as empresas. Mesmo assim, o valor final, de R$ 3,3 bilhões, é 9.156% mais elevado que o lance mínimo previsto pelo governo.

“Precisávamos aproveitar o excesso de liquidez e nos antecipar e chamar atenção para os próximos blocos”, disse Tarcísio.

O ministro da Infraestrutura garantiu ainda que há concorrência para todos os ativos que serão leiloados amanhã e na sexta.

O governo vai leiloar, nesta quinta, a concessão de trecho da Fiol, ferrovia de 537 quilômetros na Bahia, para a qual é esperado investimento de 3,3 bilhões em 35 anos.

Na sexta (9) também serão leiloados 5 terminais portuários, sendo 4 no Porto de Itaqui (MA) e 1 em Pelotas (RS).

Fonte: CNN