Jereissati sobre depoimento de suposto vendedor de vacina na CPI: ‘Isso tudo é um golpe”

Nesta quinta-feira (1), a CPI da Covid-19 no Senado ouve  Luiz Paulo Dominguetti Pereira, que se apresenta como representante da Davati Medical Supply e denunciou um suposto pedido de propina de US$ 1 por dose da vacina da AstraZeneca para fechar contrato com o Ministério da Saúde.  O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), disse que acha ‘Absolutamente estranha’ na atuação do PM na CPI, e que se trata de um ‘golpe’.

“O depoente não tem nenhum currículo para representar uma multinacional numa negociação internacional desse porte”, afirma o tucano. “Vacina não é uma commodity, esse conjunto me faz crer que isso é um golpe“.