Leilão do 5G será realizado ainda no segundo semestre de 2021, prevê Fábio Faria

Fábio Faria, ministro das Comunicações, acredita que o leilão da tecnologia 5G será realizado no segundo semestre de 2021. “Vai ser possível. Nós viajamos agora com o relator do 5G, Raimundo Carreiro. Visitamos as redes seguras americanas, as privativas, e acredito que nas próximas semanas ele estará colocando em pauta para que os outros ministros do TCU (Tribunal de Contas da União) possam votar e, com trinta dias, a Anatel possa publicar o leilão”, afirmou o ministro. Fábio Faria classificou a novidade como uma revolução tecnológica.

“O 5G vai conectar o campo, vai conectar as cadeias produtivas, o agronegócio. Vamos ter telemedicina, por exemplo, funcionando à distância. Veículos autônomos, tratores autônomos, pulverizadores autônomos. Nós teremos a cadeia produtiva de todas as indústrias conectadas. Teremos um ganho muito grande de produtividade”, completou. Havia uma grande polêmica em relação à tecnologia chinesa após um questionamento do então presidente dos Estados Unidos Donald Trump.

 

“Totalmente vencido. Quem participa do leilão são as teles, não são as empresas. E, provavelmente, a gente vai ter um leilão realizado com sucesso”, confirmou o ministro. “A partir do leilão, as empresas já começam a investir.

O limite é até julho do ano que vem em todas as capitais. Mas, provavelmente, até o final do ano, já teremos em muitos lugares o 5G funcionando”, assegurou. Fábio Faria explicou como ocorrerá a distribuição total em um país continental. “Em 2028 todas as localidades acima de 30 mil habitantes terão o 5G.

Cada ano tem uma série de investimentos que as radiofrequências terão que fazer”, disse. O ministro das Comunicações dimensionou, ainda, os investimento. “Na ordem de acima de R$ 40 bilhões de retornos de investimentos e infraestrutura. O governo vai ficar com os investimentos para acabarmos com o deserto digital. 40 milhões de brasileiros ainda não têm internet, por exemplo. Com o 5G a gente vai levar internet para todos.”

Ao lado do presidente Jair Bolsonaro dos ministros Marcos Pontes, da Ciência, Tecnologia e Inovações, e da ministra Tereza Cristina, da Agricultura, Faria visitou a faculdade de engenharia de Sorocaba na demonstração do 5G agro. Tereza Cristina apontou que apenas 23% dos produtores possuem internet e que o 5G irá aumentar a produtividade nacional justamente pela tecnologia presente nas máquinas e implementos agrícolas.