Luciano Hang: “Deu um banho!”

Pouco a pouco esse empresário que passou a ser um ativista político respeitado e no qual se pode confiar, vai se transformando numa das maiores lideranças brasileiras.

Num cenário onde muitos poderiam e deveriam agir da mesma forma, Luciano vai arrastando consigo milhões, com coragem cívica, usando somente a própria história e a verdade como armas.

Destemido, com seu terno verde amarelo, brilhou junto a vergonhosa CPI da COVID-19.

Como se diz aqui: deu um banho!

Todos que conhecem a sua trajetória sabem dos seus valores.

Como empresário empreendedor e trabalhador incansável é responsável por mais de 100 mil empregos diretos.

Detém a confiança e o respeito dos seus colaboradores, fornecedores e clientes.

Como cidadão tem dado lições de civismo que a cada dia se consolidam de forma a ganhar a confiança e a segurança da Nação, transformando-se em uma voz que brada onde tantos que deveriam e poderia falar se calam covardemente ou por conveniência ou preguiça.

E esse catarinense ilustre não está sozinho na sua luta para acabar com a aristocracia medieval que aparelhou o Estado brasileiro há décadas e que estão agarrados e lutando com as mais sujas das armas para não largar seus privilégios.

Outros catarinenses também vêm brilhando no cenário nacional.

Só para ilustrar, semana passada o Senador Jorginho Melo enfrentou o coronel alagoano em plena CPI da COVID, chamando Renan Calheiros de “ladrão e safado”.

Foi o porta voz de milhões de brasileiros de bem.

Esperidião Amim, outro Senador Barriga Verde, tem sido um paladino no combate ao vergonhoso Inquérito das Fake News, denunciando da tribuna do Senado esse que é o mais vergonhoso episódio da nossa história jurídica republicana levado a efeito por integrantes do Supremo Tribunal Federal com a quebra de todos os enunciados do devido processo legal e das prerrogativas do Direito Processual Penal pátrios.

Amim cumpre, quase solitário, o papel que deveria ser de várias entidades representativas da sociedade civil brasileira.

Dentre elas a Ordem dos Advogados do Brasil, que faz um silêncio escandaloso diante de tamanhas arbitrariedades.

Pouco a pouco, os muros vão caindo e ainda que de forma lenta, o Brasil avança para ir ao encontro da sua grandeza e do seu destino.

Nada adianta a resistência da grande mídia.

Ninguém mais acredita nesses veículos que estão putrefeitos e que mais dia menos dia, buscarão seu destino certo: o lixo da história.

Hoje o Brasil assistiu um empresário talentoso, pai de família exemplar, dar uma lição de como devem se comportar os cidadãos de bem.

Por mais que as trevas tentem, a luz sempre brilhará.

E a verdade é tão leve, que sempre vem à tona.

A CPI do COVID está desmoralizada, desacreditada e é a síntese da vergonha nacional.

Todos quantos estiverem vinculadas àquela farsa, mais dia, menos dia, pagarão o preço das suas maldades.

Salve Luciano Hang!

Salve a verdade!

Salve aos brasileiros de bem! Jornal da cidade