Munições, faca, remédios, macarrão instantâneo, bolachas e R$ 4,4 mil em espécie: veja o que tinha dentro da mochila de Lázaro

Foto: reprodução/PCGO

Morto por policiais militares de Goiás nesta segunda-feira (28/6), com pelo menos 38 tiros, Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, carregava com ele uma mochila bem equipada. O material foi entregue às autoridades e será periciado. O conteúdo da sacola revela que Lázaro estava preparado para ficar mais dias escondido, além dos 20 em que esteve foragido

Na mochila foi encontrada uma faca de cabo verde, um coldre de arma de fogo, carregador de pistola sobressalente, diversas munições, liga de borracha e fita plástica; jaqueta camuflada, balaclava, luva de pano, isqueiro, frasco branco com óleo, frasco branco com comprimidos, amoxicilina (antibiótico) e naproxen (analgésico), macarrão instantâneo, tempero pronto, uma cebola, bolachas e R$ 4,4 mil em espécie.

Ao lado do corpo de Lázaro Barbosa, os PMs encontraram também duas armas de fogo, uma do tipo pistola, “que parou aberta com todas as munições deflagradas”, e um revólver calibre .38 com 6 munições deflagradas.

As informações foram prestadas em Registro de Atendimento Integrado, feito à Secretaria de Segurança Pública de Goiás.

O criminoso foi morto durante confronto com forças policiais na manhã desta segunda-feira (28/6), numa mata nas imediações da casa da ex-sogra, em Águas Lindas (GO). Após o confronto no matagal, Lázaro ainda chegou a ser socorrido e levado a uma viatura do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu.

Metrópoles