OLHA SÓ ISSO GENTE | Segurança vira consenso para oposição política no Rio

A operação policial que resultou na morte de 29 pessoas na favela do Jacarezinho, na zona norte da capital fluminense, na quinta-feira, 6, reforçou essa ideia entre participantes desse grupo

Otema da Segurança Pública deve ser o principal ponto de convergência das forças de oposição em 2022 no Rio de Janeiro, berço do bolsonarismo e comandado hoje pelo governador Cláudio Castro (PSC), aliado do presidente Jair Bolsonaro. A operação policial que resultou na morte de 29 pessoas na favela do Jacarezinho, na zona norte da capital fluminense, na quinta-feira, 6, reforçou essa ideia entre participantes desse grupo.

Líderes partidários de diferentes campos ideológicos vão tentar se contrapor à tese de que “bandido bom é bandido morto”, discurso presente na eleição de 2018 do então governador Wilson Witzel e que tem força também dentro do bolsonarismo. Acusado de corrupção na Saúde durante a pandemia, Witzel, que foi cassado, tinha como foco de seu discurso uma política de segurança calcada em duras operações policiais.

 

VEJA MAIS…..

https://www.noticiasaominuto.com.br/politica/1802656/seguranca-vira-consenso-para-oposicao-no-rio