Órgão da ONU pede ao Brasil que receba haitianos acampados na fronteira EUA-México, diz mídia

Atualmente há cerca de 13.000 migrantes, principalmente do Haiti, na cidade de Del Rio, no estado norte-americano de Texas, ao longo da fronteira EUA-México.

A Organização Internacional para a Migração (OIM) pediu formalmente ao Brasil para que receba alguns haitianos acampados ao longo da fronteira entre EUA e México, que nutrem a esperança de entrar no país governo por Joe Biden.

“O tema foi discutido em conversas entre autoridades de diversos países e está sendo analisado à luz da legislação em vigor”, afirma nota do Itamaraty nesta sexta-feira (24) reproduzida pela agência Reuters e que não menciona o pedido da OIM, a agência de migração das Nações Unidas.

Atualmente há cerca de 13.000 migrantes, principalmente do Haiti, na cidade de Del Rio, no estado norte-americano de Texas, ao longo da fronteira EUA-México.

Pelo menos outros 19.000 haitianos, a maioria procedente do Brasil e do Chile, estão bloqueados na fronteira entre a Colômbia e o Panamá, esperando continuar sua viagem pela selva de Darién. Sputnik  Brasil