Otto Alencar é novamente covarde e, quem diria, recebe o repúdio até da OAB (veja o vídeo)

O Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), quem diria, encaminhou um ofício notificando o senador Omar Aziz, presidente da CPI da Pandemia, por tratamento desrespeitoso dirigido ao advogado Alberto Zacarias Toron, que acompanhava o empresário Carlos Wizard, em depoimento na quarta-feira (30/06).

O motivo entretanto, foi uma discussão entre o senador Otto Alencar (PSD-BA), que substituia Aziz no comando da mesa do colegiado, e o advogado de Wizard, após uma brincadeira de extremo mau gosto realizada pelo parlamentar baiano.

“Seu advogado está aí do lado. Inclusive, seu advogado está muito corado, parece que tomou banho de mar, está vermelho, e o senhor Carlos amarelou aqui na comissão… o senhor está vermelhinho e ele amarelou”,

O advogado, visivelmente contrariado, retrucou, afirmando que Otto estava equivocado, quando teve a palavra cortada:

“Vossa excelência se referiu a mim e não quer que eu lhe responda. Isso é de uma covardia, senador”,

Em atitude covarde, o parlamentar ameaçou chamar a Polícia Legislativa:

Ou o senhor pede desculpas ou eu lhe tiro agora daqui”.

Além da “atitude surpresa” da OAB que, presidida por Felipe Santa Cruz, se tornou um “refúgio jurídico dos desmandos da esquerda brasileira”, Zacharias Toron tem recebido manifestação de apoio de vários representantes da comunidade jurídica.

Levar chamada do Conselho Federal da OAB, nos tempos atuais é realmente o “fundo do poço”.

Veja o vídeo: