Para derrotar Doria: Aliados de Eduardo Leite querem adiar prévias do PSDB

 

Aliados e integrantes da campanha do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, propuseram o adiamento das prévias do PSDB, que escolherão o candidato do partido à Presidência da República em 2022. O primeiro turno da disputa interna está marcado para domingo 21.

Segundo informações do jornal Folha de S.Paulo, Jutahy Magalhães Junior (PSDB-BA) e João Almeida (PSDB-MG), coordenadores da campanha do governador gaúcho, apresentaram a proposta à equipe do governador de São Paulo, João Doria, e ao presidente nacional da legenda, Bruno Araújo (PE), na noite de segunda-feira 15.

A sugestão foi prontamente rechaçada pelos demais participantes das prévias tucanas. Em nota conjunta, as campanha de Doria e do ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio classificaram o possível adiamento como “imoral”, “inaceitável” e “casuísmo eleitoral”. As informações são da Revista Oeste.

Em mensagem publicada em sua conta oficial no Twitter, Leite desautorizou os aliados e negou a intenção de adiar as prévias. “Não procede a informação de que nossa campanha tenha proposto adiar as prévias do PSDB. Não faz sentido postergarmos a decisão em um processo no qual trabalhamos com absoluta confiança na vitória”, escreveu o tucano. Xerife