PEGA FOGO: ‘Bandido dar voz de prisão a outro bandido’, diz deputado

O deputado Otoni de Paula (PSC) comentou ordem de prisão decretada pelo presidente da CPI da Covid do Senado, Omar Aziz (PSD-AM), ao ex-diretor do Departamento da Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, que depôs no colegiado nesta quarta-feira (7). A sessão foi encerrada após o senador dar voz de prisão ao servidor.

“Quando um bandido dar voz de prisão a outro bandido, está na hora de perguntar: que país é esse?”, escreveu o parlamentar.

No Twitter, Aziz afirmou que não aceita que a comissão “vire chacota”. “Prender alguém não é uma decisão fácil. Mas, não aceito que a CPI vire chacota. Temos mais de 527 mil mortos nesta pandemia. E gente fazendo negociata com vacina. A Comissão busca fazer justiça pelo Brasil”, disse o presidente da CPI. “Não vamos ouvir historinha de servidor que pediu propina. E quem vier depor achando que pode brincar, terá o mesmo destino”, acrescentou. Terra Brasil