Polícia prende suspeito por tráfico de drogas em hospital de Natal

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba, com apoio da Força-Tarefa do Ministério da Justiça (FT NUDEM Mossoró/RN – SEOPI), encerraram, neste sábado (22), a 19ª fase da Operação “Parabellum”, que visa desarticular a ação de organizações criminosas na cidade de Macaíba. Durante as diligências, Alfredo Monteiro de Santana Júnior, conhecido como “Chimbal”, 27 anos, foi preso pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e posse ilegal de armas de fogo e munições.

A ação foi iniciada na segunda-feira (17), com a prisão de um casal apontado como chefes do tráfico de drogas na Vila São José, em Macaíba, e teve desdobramento na terça-feira (18), com a prisão de mais cinco pessoas e a apreensão de uma adolescente. Neste sábado (22), as diligências tiveram como objetivo a prisão de dois homens apontados como traficantes na região do Mosquito, em Macaíba, ambos com mandados de prisão preventiva em aberto.

Na oportunidade, Alfredo Monteiro foi localizado e preso em um hospital, em Natal. A equipe conseguiu apurar que ele estava hospitalizado para tratamento médico, após se envolver em um acidente de trânsito, quando conseguiu fugir de uma perseguição policial, mas terminou colidindo seu veículo e sendo socorrido por terceiros. Ele se encontra custodiado no hospital e, após alta, será encaminhado ao sistema prisional.

O segundo suspeito, identificado como Wallyson Lins de Santa Medeiros, 25 anos, rompeu a tornozeleira eletrônica e não foi localizado pela equipe, sendo considerado foragido, com dois mandados de prisão em aberto. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou pelo número da Delegacia Municipal de Macaíba: 98114-4042.

Operação “Parabellum”

O nome da operação remete ao provérbio latino “se vis pacem, parabellum”, que significa “se quer paz, prepare-se para a guerra”, tendo em vista as diversas ações policiais de combate às facções criminosas que têm atuado na cidade.

Fonte: Portal Grande Ponto