Prefeito de Cuiabá é afastado do cargo e chefe de gabinete é preso em operação por irregularidades na Saúde

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) foi afastado da função, nesta terça-feira (19) por ordem da Justiça em investigação sobre improbidade administrativa e ilegalidades na Secretaria Municipal de Saúde. O chefe de gabinete da prefeitura, Antônio Monreal Neto, foi preso temporariamente.

Além do afastamento do prefeito e da prisão do chefe de gabinete, acontece nesta manhã a busca e apreensão no prédio da prefeitura e na casa do chefe do Poder Executivo e de sua esposa, Márcia Aparecida Kuhn Pinheiro.

Segundo o Ministério Público Estadual (MPE), as investigações que começaram no Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa da capital e que apontaram ilegalidades na Secretaria Municipal levaram a essa medida cautelar da Justiça. Terra Brasil