Presidente da Fundação Palmares critica ator Lázaro Ramos e a ‘idolatria’ a bandidos

Sérgio Camargo, presidente da Fundação Cultural Palmares, está tentando dar uma nova visão ao órgão no qual, segundo alega, resgatou “do gueto e do ostracismo nos quais a esquerda a confinou”.

Neste sábado (17), Sérgio Camargo afirmou:

“A esquerda idolatra bandidos e os vincula aos negros, como se essa fosse nossa vocação”, escreveu, em suas redes sociais.E prosseguiu, comentando sobre como a grande mídia e artistas como Lázaro Ramos influenciam nisso:

“Faz isso com o apoio de grande parte da mídia, de políticos progressistas e de artistas negros lacradores, como o Lázaro Ramos. É um persistente insulto à nossa honra.”

Confira: