STF retoma julgamento sobre interrogatório de Bolsonaro à PF e testa ‘paz’ selada entre os Poderes

O STF (Supremo Tribunal Federal) tem na pauta desta quarta-feira (6) um debate que desagrada ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A corte definirá o formato de depoimento que o chefe do Executivo, na condição de investigado, deverá prestar à Polícia Federal.

A questão é desdobramento do inquérito aberto no ano passado para esclarecer se o mandatário interferiu no comando da PF. Ele nega.

O debate ocorre no momento em que o tribunal evita assuntos capazes de reaquecer a crise institucional entre os Poderes que chegou a seu ápice no 7 de Setembro.

Após nota em que Bolsonaro afirmou que não tinha a intenção de atacar a corte e seus integrantes, o Supremo contribuiu para arrefecer os ânimos.

Folhapress