URGENTE: Generais citam risco de “fraude” com Lula e defendem o Voto Impresso Auditável

Generais do Exército Brasileiro apontaram risco o presidente da República Jair Bolsonaro pode sofrer nas eleições.

A análise dos militares é de que o aval do Supremo Tribunal Federal (STF) para que o ex-presidiário Lula tenha direito a participar da eleição de 2022, abre a possibilidade de “fraude” no pleito.

Generais da ativa e da reserva defendem a aprovação do Voto Impresso Auditável.

Enquanto isso, o presidente Bolsonaro prometeu apresentar provas, na próxima semana, de que houve fraude nas eleições de 2014. Jornal da cidade