VÍDEO: Doria tem ataque de fúria com Rodrigo Constantino após ser questionado sobre restrições em SP com ‘fase vermelha’: de ‘vassalo do Bolsonaro’ a ‘pseudo-jornalista’

DORIAJOVEMPAN VÍDEO: Doria tem ataque de fúria com Rodrigo Constantino após ser questionado sobre restrições em SP com ‘fase vermelha’: de ‘vassalo do Bolsonaro’ a ‘pseudo-jornalista’Foto: Reprodução

João Doria e Rodrigo Constantino bateram boca durante uma entrevista ao vivo no Jornal da Manhã, da Jovem Pan, nesta terça-feira (2). Após se sentir atacado pelo jornalista, o governador do Estado de São Paulo relembrou a fala do comentarista político sobre estupro, polêmica que causou a demissão do funcionário da rádio em novembro de 2020, e o chamou de “vassalo do Bolsonaro”.

No jornal apresentado por Thiago Uberreich, Doria foi convidado para se defender das críticas de Constantino a respeito da fase vermelha do Plano São Paulo, em que proíbe o funcionamento de serviços não essenciais para tentar evitar a proliferação do novo coronavírus durante a pandemia da Covid-19.

“Muito obrigado, Thiago Uberreich e direção da Jovem Pan. Por dever de justiça, o mesmo tempo que Rodrigo Constantino nos fez críticas, nós usaremos para fazer a defesa, a defesa da vida, da ciência. E contrariar Rodrigo Constantino, um negacionista, ideólogo do [Jair] Bolsonaro, defensor de um governo homicida, como é o governo Bolsonaro”, começou o político.

“Aliás, o mesmo Rodrigo Constantino que defendeu um estupro nas redes sociais, foi demitido da Jovem Pan e lamentavelmente voltou. Rodrigo Constantino, São Paulo defende a ciência, a saúde e a vida. Coisa que você e Jair Bolsonaro nunca fizeram, ao contrário, você e Bolsonaro sempre disseram que era uma gripezinha, um resfriadinho”, alfinetou Doria.

“Hoje, o Brasil contabiliza mais de 225 mil mortos por uma pandemia que poderia ter tido seu efeito minimizado, se não tivéssemos um governo negacionista e jornalistas, aliás, pseudo-jornalistas como você, defendendo terraplanismo e a ideologia ao invés de defender o povo e a vida das pessoas”, continuou ele.

“Foi aqui em São Paulo, Rodrigo Constantino, que viabilizamos a vacina. Aquela que você em várias vezes em comentários na Jovem Pan, você e Jair Bolsonaro desqualificaram, chamaram de ‘vacina da China’, ‘vachina’, ‘vacina do Doria’, mas é esta vacina, Rodrigo Constantino, que foi aprovada e qualificada pela Anvisa como uma vacina segura e eficaz”, ressaltou.

“E é essa vacina que está salvando milhões de brasileiros e brasileiras, médicos que fazem o oposto do que você faz, médicos que protegem e ajudam a salvar vidas. Respeite os profissionais de saúde, respeite a vida, respeite a ciência. Respeite as famílias de 225 mil mortos”, exigiu o rival político de Bolsonaro.

Em seguida, Doria agradeceu novamente o âncora e a Jovem Pan pelo espaço, mas avisou que gostaria de outro tempo de resposta caso houvesse uma tréplica de Constantino. Como o comentarista já estava no ar, ele começou a responder o governante.

“Pode ficar no ar para escutar, governador. Eu entendo que você tenha ficado tão emotivo assim, porque eu apresentei fatos. E você vem de novo com essa tentativa de monopolizar as virtudes, a ciência e me atacar”, comentou o funcionário da Jovem Pan.

Confira a íntegra do programa:

Notícias da TV – UOL