Alô TSE: PT pagou mais de R$ 300 mil do fundo partidário à defunta e mais de R$ 900 mil a empresas com CNPJs cancelados

Análise relacionada à prestação de contas de 2019 revela que o partido gastou R$ 1,1 milhão com empresas ou pessoas físicas com CPFs e CNPJs cancelados ou inativos.

Análise preliminar dos técnicos do Tribunal Superior Eleitoral relacionada à prestação de contas do PT de 2019 mostra que o partido gastou R$ 1,1 milhão do fundo partidário com empresas ou pessoas físicas que estavam com CPFs e CNPJs cancelados ou inativos.

Segundo técnicos do TSE, desse valor, R$ 302 mil foram repassados a uma pessoa que teve seu CPF cancelado após a morte. O pagamento, a Maria Diva de Faria, ocorreu em 6 de dezembro daquele ano.terra Brasil