Chateado: Kalil vai ao STF contra decisão de Nunes Marques

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, entrou com uma ação no STF para tentar derrubar a decisão do ministro Kassio Nunes Marques que liberou a realização de cultos e missas na pandemia.

O pedido foi enviado ao presidente do Supremo, Luiz Fux, pela procuradoria-geral do município.