Média móvel de solicitações de leitos Covid chega ao menor patamar desde janeiro no RN

A média móvel de solicitações de leitos para tratamento de Covid-19 chegou ao menor patamar desde janeiro, no Rio Grande do Norte. Neste domingo (11), o estado chegou a uma média de 47 solicitações por leitos.

A média móvel é calculada somando-se o número de casos de cada um dos sete dias anteriores e dividindo esse resultado por 7. O cálculo é usado pelos especialistas para ter uma dimensão mais precisa sobre o andamento da pandemia.

No dia, 6 de julho, por exemplo, o estado registrou o menor número de solicitações de leito de UTI desde janeiro: foram 40 – um número menor que o registrado neste domingo (11), quando foram computadas 41 solicitações, no sistema.

srie-histrica-das-solici Média móvel de solicitações de leitos Covid chega ao menor patamar desde janeiro no RN

Porém, em 6 de julho, considerando-se a semana como um todo, a média móvel era de 51 solicitações por dia. Agora, são 47.

O maior patamar alcançado no estado foi em 29 de maio, quando o estado registrou uma média móvel de 129 solicitações.

Os dados são do sistema Regula RN, usado pelo governo do estado na administração dos leitos críticos e clínicos voltados ao tratamento contra o coronavírus.

A redução de solicitações no sistema contribui para a diminuição da ocupação dos leitos, que estava em 56,7% na manhã desta segunda-feira (12). O estado registrava, ainda, 164 leitos disponíveis.

As autoridades estatuais atribuem a situação à vacinação da população. De acordo com o governo do estado, mais de 18% da população está totalmente imunizada com as duas doses das vacinas contra Covid-19 ou com a dose única da Janssen – único imunizante aplicado no país com dose única.g1