Povo argentino arrependido: Macri lidera vitória em cima de Alberto Fernandez nas eleições Legislativas

O governo de Alberto Fernández, de centro-esquerda, em aliança com a ex-presidente Cristina Kirchner, sofre dura derrota da oposição liderada pelo ex-presidente conservador Mauricio Macri, com mais de 90% dos votos apurados, nas eleições legislativas ocorridas na metade do mandato presidencial.

 

A coalizão Juntos pela Mudança, liderada por Macri, aparecia soma 42,63% dos votos, contra 33,17% da coligação de Fernández, e a eleição registrou 71% de comparecimento às urnas, percentual maior que nas primárias de setembro.Maurício Macri estabeleceu relações de amizade com o presidente Jair Bolsonaro, o que levou o governo esquerdista da Argentina, agora derrotado, a criar embaraços às elações diplomáticas e comerciais entre os dois países.

A eleição se destina a renovar metade da Câmara dos Deputados e um terço do Senado.

Com isso, a expectativa é que o governo perderá a maioria no Senado e, pela primeira vez que desde 1983, o peronismo terá de fazer alianças para aprovar leis do seu interesse.

Macri considera que “esses próximos dois anos serão difíceis” e, há certo da vitória, garantiu que sua coalizão “atuará com muita responsabilidade, ajudando para que a transição seja a mais ordenada possível”.

Diário do poder