Saiba a verdadeira história sobre como o rei Roberto Carlos perdeu a perna

Roberto Carlos é um dos maiores cantores do Brasil, não é atoa que ele recebeu o titulo de Rei. O cantor sempre embalada os finais de ano da Globo com suas músicas que são sucesso até hoje, mesmo tendo sido lançadas as muitos anos.

O que poucas pessoas sabem, é a historia de como ele perdeu uma de suas pernas. Pensando nisso, hoje vamos te contar tudo na íntegra.Em 26 de junho de 1947, na cidade de Cachoeiro do Itapemirim (ES), onde Roberto nasceu, estava comemorando o Dia de São Pedro, o padroeiro local, com uma enorme festa. Nesta época a cidade em que morava é cheia de ferrovias, e ele brincava com uma amiga.

O trem vinha se aproximando deles, uma professora viu que eles estavam em perigo e alertou. Porém não conseguiu ajudar os dois, apenas a menina, que foi identificada como Fifinha (Eunice Solino).

 

 

Assustado, ele acabou tropeçando e caindo costas sobre a linha férrea. Em alta velocidade, o trem não pode ser parado a tempo pelo maquinista e passou por cima da perna do garoto.  O socorro estava demorando demais, tinha uma grande multidão no local após o acidente.

Um dos homens tirou seu paletó e enrolou a perna de Roberto Carlos. Esse momento do acidente – assim como muitas cenas da infância do Rei – é contado na música ‘O Divã’.

Relembro bem a festa, o apito
E na multidão um grito
O sangue no linho branco
A paz de quem carregava
Em seus braços quem chorava
”.Levado apara o hospital, ele foi atendido e não chorou, isso porque havia sido arrancado os nervos da perna pela roda de metal. Estudado e bastante atualizado para a época, Romildo Coelho seguiu as instruções de um artigo médico que dizia para preservar o máximo possível dos membros amputados. Assim, Roberto Carlos não perdeu a perna totalmente e manteve os movimentos do joelho direito.

Conforme relatos, a preocupação do menino era mesmo o par de sapatos novos que tinha ganhado justamente para o dia da festa.

Fonte: Observatório UOL