“Antigamente o dinheiro do brasileiro ia para Cuba”, diz ministro do Turismo

O ministro do Turismo, Gilson Machado, fez críticas nesta segunda-feira (24) aos antigos governos do Brasil. Ao destacar a quantidade de obras que a gestão de Jair Bolsonaro está inaugurando no país, ele afirmou que as administrações passadas não priorizavam o povo brasileiro e enviavam dinheiro público para países como Cuba e Venezuela. As declarações de Machado foram feitas em entrevista ao programa Repórter 98 desta segunda.

“A gente tem priorizado o dinheiro público, antigamente o dinheiro do brasileiro ia para Cuba, ia para Argentina, para Venezuela, agora não, fica aqui no Brasil servindo a brasileiro, isso que a gente está fazendo”, disse o ministro.

Machado afirmou ainda que o Nordeste sempre foi prioridade do governo Bolsonaro, o ministro citou as ações que a administração tem feito na região, ele destacou a transposição do Rio São Francisco e disse que provavelmente até setembro as águas da transposição devem chegar ao Rio Grande do Norte.

“Toda semana praticamente nós estamos inaugurando uma etapa, e vai chegar aqui no Rio Grande do Norte também, eu acho que até setembro a gente está aqui com o ministro Rogério [Marinho] trazendo o Rio São Francisco aqui para o Rio Grande do Norte”, afirmou.

Machado cumpriu agenda nesta segunda-feira (24) no Estado junto ao ministro das Comunicações, Fábio Faria, eles assinaram a liberação de recursos para o RN. O montante da ordem de R$ 1,4 milhões foram liberados para a conclusão da última etapa para instalação do teleférico na cidade de Santa Cruz. A estrutura tem como objetivo impulsionar as visitas à Santa Rita de Cássia, maior estátua católica do mundo.

“A gente tem feito obras dia após dia, são mais de 40 mil obras que o governo federal está fazendo hoje. Mais de 200 obras só aqui no Rio Grande do Norte em parte de estrutura turística”, pontuou.

Assista à entrevista:

Fonte: Portal Grande Ponto