Depois de 70 anos para conclusão da Barragem de Oiticica o Sonho pode ser interrompido pelo Governo Fátima que não devolve os R$ 20 milhões que usou

Nenhum cronograma mostrando a previsão de devolução dos R$ 20 milhões necessários para a conclusão da barragem de Oiticica foi apresentado pelo Governo do Estado. Os recursos foram bloqueados pela Justiça para quitar dívidas passadas do Executivo, e agora precisam ser repostos para a finalização da obra, prevista para dezembro de 2021. A informação foi revelada pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (sem partido), durante entrevista na 96 FM na sexta-feira (25).

“Mandamos 3 ofícios ao Estado solicitando que o Governo estabeleça cronograma de devolução desse recurso para conseguirmos concluir obra no fim do ano. Não recebemos nenhuma resposta do Governo do Estado, estamos aguardando. Em dezembro desse ano estaremos recebendo as águas do São Francisco justamente no local”, disse Rogério.

Ainda na entrevista, o ministro revelou que ainda restam 12 famílias morando na área de inundação do futuro reservatório, enquanto mais de 200 já saíram do local para novas residências. Mas, enquanto as desapropriações restantes não forem concluídas, o local continuará impedido de iniciar represamento das águas.

Na entrevista o ministro garantiu ainda que todo o recurso necessário para a conclusão da obra será repassado ainda em 2021, na expectativa de cumprir a previsão de conclusão da obra para dezembro deste ano. Fonte Terra Brasil