Jornalista preso por determinação de Moraes segue sem comer e está debilitado Terra

O jornalista Wellington Macedo, preso desde 3 de setembro, por ordem do ministro do Supremo Tribunal (STF) Alexandre de Moraes Alexandre, no âmbito do inquérito das supostas fake news, está debilitado e sem conseguir se alimentar devido ao seu estado emocional.

“O preso se mostra muito fraco, muito abatido e falando baixo, além de chorar constantemente. Informou que já foi atendido por um médico e por dois psicólogos em momentos distintos, mas que as consultas têm sido protocolares, já que os profissionais não o examinam e apenas perguntam se está tudo bem e o que ele quer”, aponta um relatório feito por servidores do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) divulgado pela Gazeta do Povo.

Segundo a advogada Mônica Holanda, responsável pela defesa do jornalista, o motivo da prisão foi a publicação de um vídeo no qual ele aborda a organização dos atos pró-Bolsonaro. No vídeo, o jornalista entrevista alguns dos organizadores dos atos. Segundo a advogada, havia uma ordem judicial expedida por Alexandre de Moraes que o impedia de fazer publicações em suas redes sociais, porém ele não havia sido notificado sobre a decisão. Terra Brasil